Estimativa para industria é de crescimento em 2018




O ano de 2018 pode registrar um crescimento de 3% no PIB do setor industrial, segundo projeção da Confederação Nacional da Indústria. Ao mesmo tempo, a CNI projeta um crescimento de 2,6% no PIB. Se os números se confirmarem ao final do ano, será a primeira vez que a indústria vai superar o crescimento do PIB desde 2011.

Os últimos dados do IBGE sobre a produção industrial no fim de 2017 mostram que, de fato, a recuperação do setor está em andamento. A atividade industrial teve alta de 4,7% em novembro, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Foi o melhor novembro para a indústria brasileira mês nos últimos sete anos.

Recuperação ampla

Além disso, o IBGE registrou resultados positivos em 8 de 14 regiões metropolitanas pesquisadas na comparação com novembro de 2017. O resultado positivo foi influenciado pelo bom desempenho de vários segmentos, como transportes, construção, agroindústria, setor automotivo, calçados, têxteis, vestuário, minério de ferro, petróleo, celulose e eletrodomésticos de linha marrom.

Trata-se de um bom sinal. A diversidade de segmentos com bom desempenho em praticamente todos os setores da indústria indica que a recuperação não se limita a atividades isoladas, mas ao aquecimento de toda a economia. A aceleração tem deixado as empresas mais otimistas. O setor automotivo, por exemplo, que em 2017 teve o melhor resultado dos últimos três anos, espera lançar cerca de 50 novos modelos no mercado brasileiro em 2018. Já a Associação Brasileira da Indústria Têxtil projeta um ano de bom crescimento, com a criação de 20 mil novos postos de trabalho no setor, em função do cenário de baixa inflação, retomada do crescimento econômico e aumento nas exportações.

Mas apesar dos bons ventos, há dúvidas sobre o volume de investimento da indústria brasileira em 2018, para expansão da produção. Isso acontece, porque no primeiro momento, a recuperação do setor se dá com o aproveitamento da capacidade ociosa, que vinha elevada nos últimos anos, por causa da crise na economia. Os analistas também apontam que a retomada da atividade será um processo lento: só em 2020, o país deve voltar ao mesmo nível de produção industrial registrado em 2013.

Diante disso, quem estiver mais bem preparado para um salto de produtividade irá aproveitar melhor o impulso de recuperação da economia. Esse salto passa necessariamente por investimento em tecnologias que permitam eliminar gargalos na linha de produção e integrar a empresa ao modelo da Indústria 4.0.

Renovação industrial

Vale lembrar que a adoção de sistemas de análise de dados, Internet das Coisas e de automação industrial, entre outras ferramentas que impulsionam a produtividade, não implica necessariamente em renovação completa do maquinário industrial. Dependendo dos resultados desejados, é possível investir em retrofit de equipamentos e realizar adaptações em máquinas já existentes, para torná-las compatíveis com as novas tecnologias digitais.

Dessa forma, é possível reduzir o volume de investimento necessário para integrar a sua indústria a um modelo de produção mais competitivo e eficiente. E torná-la mais forte para aproveitar a retomada do crescimento e ganhar fôlego para enfrentar as oportunidades e desafios do mercado global.


DESENVOLVIMENTO DE SITES, E-COMMERCES, SISTEMAS, APLICATIVOS, CAMPANHAS DE MARKETING E IDENTIDADE VISUAL.

App & Web | Development Studio

CNPJ: 28.620.766/0001-98

Copyright © App & Web | Development Studio 2018